Tamanho da letra:
Traíras barranqueiras

Da vara lisa ao fly. Confira seis modalidades e os equipamentos corretos para se dar bem na pesca da popular e esportiva traíra

Texto e fotos Roberto Conti

A traíra é um peixe típico do continente sul-americano e no Brasil pode ser capturada em qualquer ambiente de água doce, de rios e represas a lagos e açudes, e até mesmo em locais com água salobra. Predadora carnívora nata, ela pode ser capturada com iscas naturais, vivas ou mortas, e com iscas artificiais.

Definitivamente esportiva, a espécie não se rende desde fisgada até o momento do manuseio. Os dentes afiados e a aparência pré-histórica, com sua cara de poucos amigos, são sua marca registrada. A captura é possível o ano todo, em dias quentes, frios e até com chuva.

Em muitas regiões do Brasil, a pesca noturna é praticada com sucesso e resulta na captura de grandes exemplares. Nesse caso, o uso de artificiais fica restrito, mas não impossível. É possível arriscar arremessos noturnos em dias de lua cheia ou fazendo uso de lanternas de cabeça.

Mapa da mina
As traíras costumam ficar em locais com estruturas submersas, como galhos, folhas caídas, troncos afundados e pedras. Também têm o hábito de ficar de tocaia à espera da aproximação de suas vítimas. Os locais preferidos são sombras de árvores e moitas, barrancos caídos, desníveis bruscos (drop-offs), junções de águas sujas e limpas, remansos de água corrente (por serem locais oxigenados e servirem de “área de descanso” às presas), sob vegetações diversas (como capins e aguapés) e pontos rasos.

Quanto mais preciso for o arremesso, maiores serão as chances de fisgar o troféu. Nesse momento a prática sobressai. O prêmio de um bom arremessador é o saldo maior no final do dia de pesca em relação ao pescador menos treinado e que arrisca menos.

Técnicas à prova
Selecionamos os mais variados tipos de equipamento para mostrar que não há quem não possa pescar a traíra, dos aficionados por pinchos aos que pescam só para passar o tempo. As técnicas apresentadas foram especialmente pensadas para a pesca de barranco, embora possam ser praticadas também na pesca embarcada.

Clique aqui para saber mais sobre varas lisas, arremesso de iscas vivas e conjunto ultralight.

Clique aqui para saber mais sobre conjunto leve, sofbait e fly.